Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
La Wally

La Wally

Música & Festivais | Ópera

Teatro Nacional S. Carlos

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2020
out
14
a
2020
out
18

Próxima Sessão

14 out 2020 20:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

60 minutos

Promotor

OPART - Organismo de Produção Artística, EPE

Breve Introdução

Teatro Nacional de São Carlos
Sala Principal

14 e 16 de outubro de 2020 20h
18 de outubro de 2020 16h

La Wally
Música de Alfredo Catalani
Libreto de Luigi Illica
Drama musical em quatro atos versão de concerto

La Wally: Zarina Abaeva
Stromminger: Luiz-Ottavio Faria
Afra: Patrícia Quinta
Walter: Joana Seara
Giuseppe Hagenbach: Azer Zada
Vincenzo Gellner: Luis Cansino
Soldado: Nuno Dias

Direção Musical: António Pirolli

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
Maestro Assistente: Kodo Yamagishi

Orquestra Sinfónica Portuguesa
(Maestrina Titular: Joana Carneiro)

M/6

A ópera La Wally de Alfredo Catalani, estreada no La Scala de Milão em 1892, é o único título deste compositor verista que não caiu em quase total esquecimento.
La Wally sobreviveu sobretudo devido à inspiradíssima ária "Ebben? Ne andrò lontana", que é cavalo de batalha para qualquer soprano e que ganhou divulgação planetária por surgir no filme Diva de Jean-Jacques Beineix cantada por Wilhelmina Fernandez.
O libreto é baseado num texto de Wilhelmine von Hillern que nos conta uma história passada nos Alpes tiroleses.
A ópera subiu pela primeira vez à cena em São Carlos no ano de 1910 e, depois dessa data, só voltaria a ser cantada por cá em abril de 1956, protagonizada por Maria Caniglia.
Regressa agora passados 64 anos em versão de concerto, sob a direção de Antonio Pirolli, que volta a São Carlos, agora como Maestro Convidado Principal da Orquestra Sinfónica Portuguesa. A jovem russa Zarina Abaeva lidera um elenco internacional que nos convida à descoberta desta raridade.

Informações Adicionais

Mediante as normas de segurança definidas pela DGS para as salas de espetáculos, a marcação de lugares respeita as regras de distanciamento social.

Obrigatório o uso de máscara.

Preços

  • Plateia - 15€ a 40€
  • Balcão 3ª Esq - 15€ a 30€
  • Balcão 3ª Dir - 15€ a 30€
  • Balcão 4ª Esq - 15€ a 20€
  • Balcão 4ª Dir - 15€ a 20€
  • Frizas Esq - 30€
  • Frizas Esq - 40€
  • Frizas Dir - 30€
  • Frizas Dir - 40€
  • Cam 1ª Esq - 30€
  • Cam 1ª Esq - 40€
  • Cam 1ª Esq - 40€
  • Cam 1ª Dir - 30€
  • Cam 1ª Dir - 40€
  • Cam 1ª Dir - 40€
  • Cam 1ª Dir - 40€
  • Cam 2ª Esq - 20€
  • Cam 2ª Esq - 30€
  • Cam 2ª Esq - 30€
  • Cam 2ª Dir - 20€
  • Cam 2ª Dir - 30€
  • Cam 2ª Dir - 30€
  • Cam 3ª Esq - 15€
  • Cam 3ª Esq - 20€
  • Cam 3ª Esq - 20€
  • Cam 3ª Dir - 15€
  • Cam 3ª Dir - 20€
  • Cam 3ª Dir - 20€
  • Cam 4ª Esq - 15€
  • Cam 4ª Esq - 15€
  • Cam 4ª Dir - 15€
  • Cam 4ª Dir - 15€

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda: