Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
La Traviata - Estreia

La Traviata - Estreia

Música & Festivais | Ópera

Teatro Nacional S. Carlos

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2018
jun
09
Realizado

Duração

140 minutos

Promotor

OPART - Organismo de Produção Artística, EPE

Breve Introdução

La traviata, Giuseppe Verdi {1813-1901}
Ópera em três atos, com libreto de Francesco Maria Piave {1810-1876}

Sala Principal do Teatro Nacional de São Carlos
Junho de 2018 9, 11, 14 e 18 às 20h e 16 às 16h


--------------------------------------------------------------------------------

Direção Musical Michele Gamba
Encenação, Cenografia e Figurinos Pier Luigi Pizzi
Reposição de Encenação, Desenho de luz Massimo Gasparon

Violetta Valéry Ekaterina Bakanova
Alfredo Germont Ivan Magrì (9, 11, 14 e 18 jun), Luís Gomes (16 jun)
Giorgio Germont Alan Opie
Annina Carolina Figueiredo
Flora Bervoix Joana Seara
Barão Douphol Mário Redondo
Marquês dObigny João Merino
Dr. Grenvil João Oliveira
Giuseppe Diocleciano Pereira
Gastone João Cipriano
Comissário João Rosa
Servo Costa Campos


Coro Teatro Nacional de São Carlos
Maestro Titular Giovanni Andreoli

Orquestra Sinfónica Portuguesa
Maestrina Titular Joana Carneiro

Por razões pessoais, o tenor Ivan Magrì desistiu da produção e será substituído por Luís Gomes nas cinco récitas de La Traviata. Por motivos de saúde, o barítono Alan Opie será substituído por Giovanni Meoni nos dias 9 e 11 de junho, retomando o seu papel nas récitas de 14, 16 e 18 de junho.

--------------------------------------------------------------------------------

Alexandre Dumas fils, inspirado num curto episódio autobiográfico, publica em 1848, a novela La dame aux camélies que, posteriormente, adapta para o palco. Em 1852, Verdi assiste emocionado em Paris à peça e, de imediato, pede ao editor Escudier que lhe envie um exemplar que Francesco Maria Piave, libretista habitual de Verdi, adapta para a ópera. Depois de Rigoletto (1851) e Il trovatore (1853), La traviata (1852) fecha a dita trilogia popular de Verdi. Ao contrário das duas óperas anteriores, eis agora uma trama sem herói ou vilão, onde a protagonista central, desafiando as convenções sociais do seu tempo, se distingue por uma nova forma de heroísmo, um heroísmo privado, cuja resignação e morte será o preço a pagar para salvar a honra de uma família que a exclui e a obriga a afastar-se. No dia a seguir à estreia, Verdi escreveu ao seu editor: La traviata, ontem à noite. Fiasco. Culpa minha ou dos cantores? O tempo julgará. E foi esse mesmo tempo que quis que a tragédia da frágil cortesã, Alphonsine Duplessis na vida real, Marguerite Gautier no teatro, Violetta Valéry na ópera, e Camille no cinema, só encontrasse a imortalidade na música e no canto de Verdi.

Produção

A nova produção de La traviata de Verdi, anunciada no início da temporada de 2017/2018, foi substituída por uma produção de Pier Luigi Pizzi da mesma ópera. A alteração resulta da impossibilidade de continuar a desenvolver o projeto artístico da nova Traviata com uma das suas forças motrizes, o reconhecido cenógrafo e figurinista António Lagarto, levado a abandonar a produção por motivos de força maior. O elenco principal mantém-se, bem como as datas das récitas: 9, 11, 14, 16 e 18 de Junho.

Due to reasons beyond the Theatres control, the new production of La Traviata that had been announced at the start of the 2017/2018 season has been replaced by Pier Luigi Pizzis classic production. Show dates and main cast remain unchanged.

Informações Adicionais

O Teatro Nacional de São Carlos informa que, de acordo com o Decreto-Lei n.º 23/2014, de 14 de fevereiro, os espetáculos de música e dança são destinados a maiores de 6 anos.

O Teatro Nacional de São Carlos informa, ainda, que não é permitida a entrada nas salas de espetáculos a crianças com idade inferior a 3 anos de acordo com o Decreto Lei nº. 116/83, de, 24 de fevereiro.

Não é permitido comer ou beber dentro das salas.

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

L'ÉTOILE

Música & Festivais | Ópera

Teatro Nacional S. Carlos

Sala Principal